Arquivo da tag: hiperidrose axilar qual médico procurar

Nota

Dra Paula Penna, médica dermatologista, responde a perguntas frequentes feitas  por pacientes que apresentam hiperidrose axilar, suor excessivo nas axilas. Perguntas frequentes Suor nas axilas em excesso é uma doença? Sudorese nas axilas é algo que todo ser humano tem, … Continuar lendo

Tipos de Hiperidrose: Hiperidrose focal e Hiperidrose Secundária

Dra Paula Penna, médica dermatologista escreve sobre os Tipos de Hiperidrose.
Existem dois tipos de hiperidrose : Hiperidrose focal ou primária e Hiperidrose generalizada ou secundária. Compreender a diferença é um dos primeiros passos na compreensão da hiperidrose.

Hiperhidrose focal ou primária refere-se a transpiração excessiva que não é causada por uma outra condição médica, nem é um efeito secundário de alguma medicação. O suor excessivo por si só é a doença. Este tipo de sudorese ocorre em áreas muito específicas do corpo (descritos como áreas focais) e geralmente é  “simétrico” o que significa que tanto os lados esquerdo e direito do corpo são afetados igualmente. As áreas focais mais comuns são as mãos, pés, axilas, e cabeça ou o rosto.

Hiperidrose focal primária muitas vezes começa na infância ou adolescência, especialmente a hiperidrose das mãos e dos pés. Curiosamente, embora as pessoas com hiperidrose focal primária têm episódios de sudorese excessiva, pelo menos, uma vez por semana, eles geralmente não experimentam a transpiração excessiva durante o sono. Também foi mostrado que a hiperidrose focal primária pode ser herdada e muitos membros de uma mesma família podem sofrer com esta condição (mas, infelizmente, muitos podem nunca falar sobre isso uns com os outros por causa de constrangimento).

Para saber se você tem hiperidrose primária ou secundária responda a esta pergunta: Você tem experimentado excesso de suor focal visível por pelo menos seis meses, sem causa aparente? Se a resposta for “sim”, então o próximo passo é determinar se você tem pelo menos dois dos seguintes critérios:

– Seu suor é bilateral e relativamente simétrico, ou seja, você suar a mesma quantidade em ambos os lados do seu corpo.
– Seu suor em excesso prejudica suas atividades diárias.
– Você tem pelo menos um episódio por semana.
– O início de seu suor em excesso foi antes dos 25 anos de idade.
– Você tem outros membros da sua família sofrendo também de problemas de transpiração
-Você para de suar quando você está dormindo.

Se você atender a pelo menos dois dos critérios acima, grandes chances de você ter hiperidrose primária. Mais de 90 por cento das pessoas que se apresentam com a transpiração, sudorese excessiva serão diagnosticados com hiperidrose primária.

Tenho hiperidrose, qual médico especialista procurar? Você deve marcar uma consulta com um dermatologista familiarizado com as opções de tratamento para pessoas com hiperidrose.

O outro tipo principal de hiperidrose é hiperidrose generalizada secundária. Este tipo de transpiração excessiva é causada por alguma outra doença médica ou é um efeito colateral de uma medicação. É por isso que ele é chamado de secundário – é secundária a alguma outra coisa. Outra diferença fundamental entre os dois tipos de hiperidrose é que as pessoas com hiperidrose generalizada secundária podem ter sudorese durante o sono. A hiperidrose secundária começa na idade adulta, ao passo que a hiperidrose primária começa na infância ou adolescência.

Uma série de doenças ou situações podem provocar hiperidrose, são elas :

Infecções / febre, Alcoolismo, Diabetes, Gota, Insuficiência Cardíaca, Menopausa, hipertireoidismo, linfoma, obesidade, Parkinson, gravidez, artrite reumatóide.

Muitos medicamentos podem causar hiperidrose, principalmente antidepressivos, antibióticos, omeprazol, corticóides, neuromoduladores, anticonvulsivantes, hormônios.

Para saber mais sobre tratamentos para hiperidrose clique em tratamento hiperidrose

Para Marcar uma consulta com a Dra Paula Penna, ligue para 011 3285-1108