Arquivo da tag: cancer

Quando uma pinta pode ser cancer de pele

Quando uma pinta pode ser cancer de pele

Toda “pinta” apresenta a possibilidade de transformação em um câncer da pele. Esta transformação porém só ocorre em poucos casos. Devemos mesmo assim esta. Pela sua localização as lesões se situam em local de fácil acesso (a pele), o que permite a sua retirada, quando necessária, evitando a progressão da doença.

É exatamente por estes motivos que algumas “pintas” ou sinais devem ser retirados, mas não todos. Devem ser removidas apenas as lesões que justifiquem a remoção, evitando cirurgias desnecessárias e as cicatrizes resultantes.

Como saber quando uma pinta pode ser um cancer de pele.

Todas as “pintas” que sofram modificações (crescimento ou mudança de cor) num curto período de tempo (semanas ou meses);

Toas as pintas que coçam, ardem ou doem,

Sinais escuros nas plantas dos pés, palmas das mãos, couro cabeludo, dentro da boca ou nas mucosas dos genitais;

Todas as “pintas” que sangram.

Sinais de nascença são tão ou mais perigosos que aqueles que surgem na juventude e podem ser retirados sempre que o resultado estético for vantajoso. O dermatologista é o profissional qualificado para avaliar se uma lesão realmente deve ou não ser removida. Entretanto, a experiência diz que quando uma pessoa “cisma” com uma “pinta”, vale a pena retirá-la.

É bom ressaltar que as “pintas” ou sinais a que estamos nos referindo são as lesões denominadas nevos melanocíticos. Várias outras lesões que surgem na pele podem ser semelhantes aos nevos melanocíticos, mas apenas estes devem ser removidos de acordo com as orientações acima.

Para mais esclarecimentos escreva um comentário ao final do post que a Dra Paula Penna responderá em breve.

Para marcar uma consulta com a Dra Paula Penna, médica dermatologista, ligue para 11 3285-1108

Benvindo ao site Dra Paula Penna Dermatologia

Benvindo ao site da Dra Paula Penna, médica dermatologista