Arquivo da categoria: Uncategorized

Rosácea

Rosácea: Causas, Sintomas e Tratamento

A rosácea é uma doença de pele comum que muitas vezes começa com uma tendência a corar mais facilmente do que outras pessoas. A vermelhidão na pele pode então se espalhar lentamente além do nariz e bochechas, até a testa e o queixo. Até as orelhas, o peito e as costas podem ficar vermelhos o tempo todo.

Rosácea pode causar mais do que vermelhidão, aparecem vários sinais e sintomas, portanto, são definidos quatro subtipos.

Eritematotelangiectásica: Vermelhidão, rubor e vasos sanguíneos visíveis

Papulopustular: Vermelhidão, inchaço e acne

Fimatosa: A pele engrossa e tem uma textura irregular

Ocular: Olhos vermelhos e irritados, pálpebras podem estar inchadas e a pessoa pode ter o que parece um terçol.

A maioria das pessoas que têm rosácea são de idade entre 30 e 50 anos, de pele clara, e muitas vezes têm cabelos loiros e olhos azuis, às vezes de ascendência celta ou escandinava, É provável, portanto, que alguém em sua árvore genealógica tenha rosácea ou acne grave, e também que tenha tido muita acne – cistos ou também nódulos de acne quando mais jovem.

As mulheres são um pouco mais propensas que os homens a contrair rosácea. As mulheres, no entanto, não são tão propensas quanto os homens a ter o quadro mais grave.  Pode acometer tanto as pessoas de cor negra, quanto pardas, brancas e amarelas, Além disso, as crianças podem também apresentar rosácea.

Saiba mais:

O que causa a rosácea?

Quais são os sinais e sintomas da rosácea?

Qual o impacto na qualidade de vida de quem sofre?

Qual é o correto médico especialista em Rosácea?

Quais são os melhores tratamentos?

em rosacea

Rosácea: Causas, Sintomas e Tratamento

 

Alopécia Areata

Alopécia Areata

O que é Alopécia Areata?

Qual a causa da alopécia areata?

Quais são os sinais e sintomas?

Como é feito o diagnóstico?

Quais são os tratamentos para alopécia areata?

Saiba tudo sobre Alopécia Areata neste link Alopécia Areata https://dermatovirtual.com.br/blog/alopecia-areata-causas-sintomas-tratamento/

Saiba ainda mais sobre outras doenças de pele aqui

 

As 5 doenças de pele mais comuns

Quase todo mundo já experienciou algum problema na pele. A pele é o maior órgão do corpo, e seus efeitos são tanto físicos quanto psicológicos. As doenças mais comuns de pele são a Acne, eczema, dermatite seborreica, câncer de pele e psoríase.

1. Acne

A acne é um distúrbio da pele que causa espinhas quando a passagem que liga os poros da pele às glândulas sebáceas fica entupida.

A acne, que aparece com mais frequência no rosto, pescoço, ombros, peito e costas, pode ocorrer de várias formas. Espinhas e cravos são os mais conhecidos; acne nodular e cística são mais graves porque se formam profundamente na pele e podem causar cicatrizes.

Oitenta por cento das pessoas terão acne em algum momento de suas vidas, e 60% continuarão experimentando a doença na idade adulta.

Fatores como a hereditariedade podem desempenhar um papel no desenvolvimento da acne, mas os hormônios são o fator mais importante, porisso é o motivo pelo qual a acne é mais grave na adolescência.

2. Eczema

Eczema é um termo que engloba vários problemas, vem da palavra grega para “transborda”. Existem três formas comuns de eczema:

– A dermatite atópica é a mais comum e é vista com mais frequência em crianças. Um a três por cento dos adultos, em comparação com 10 a 20 por cento das crianças, tem essa doença genética de longo prazo, que causa erupções cutâneas com comichão no cerne dos cotovelos e atrás dos joelhos.

– A dermatite alérgica de contato começa a aparecer na idade adulta e é causada por fatores ambientais, como agentes cosméticos, fragrâncias e metais nas jóias.

– A dermatite numular parece manchas de pele vermelhas e escamosas em forma de moeda e é devida à pele seca. Isso pode causar muita coceira.

Em todos os casos é recomendado hidratar a pele, aumentar a barreira da pele e evitar ressecar a pele.

3. Dermatite seborreica

A dermatite seborreica, que causa manchas oleosas e cerosas no couro cabeludo, é distinta de outras formas de dermatite.

Afeta 5% das pessoas, de acordo com o U.S. News e o World Report. Pode afetar os bebês, normalmente nos primeiros seis meses de suas vidas, na forma de “tampa do berço” – uma condição semelhante a caspa no couro cabeludo. Depois que os sintomas desaparecem, raramente aparece novamente até a puberdade.

4. Câncer de pele

O câncer de pele é o tipo mais comum de câncer no mundo todo

De acordo com a Academia Americana de Dermatologia, um milhão de pessoas são diagnosticadas com câncer de pele anualmente e 1 em cada 5 americanos desenvolverá câncer de pele durante a vida.

Carcinoma basocelular e carcinoma espinocelular são os tipos mais comuns de câncer de pele. Mas 75% das mortes por câncer de pele são causadas por melanoma, a terceira forma mais comum. Na maioria das vezes o paciente traz ao consultório alguma lesão escura ou alguma lesão causada pelo sol. A exposição excessiva à luz ultravioleta é uma das principais causas do cancer de pele.

5. Psoríase

A psoríase é uma doença genética crônica. É um acúmulo de excesso de tecido da pele que parece vermelho e grosso e é coberto por escamas prateadas. Aparece pela primeira vez nos cotovelos e joelhos, mas pode se espalhar para outras partes dos membros e até para o tronco. Certas formas afetam áreas específicas, como mãos, couro cabeludo ou articulações.

Embora exista uma série de doenças da pele que podem atormentar os seres humanos, as opções de tratamento para alguns, incluindo acne, eczema e dermatite, melhoraram. Se você suspeitar que tenha alguma dessas condições, consulte um dermatologista imediatamente para avaliar suas opções de tratamento.

 

Tratamentos para Acne (espinha): cuidados necessários para não piorar

Tratamentos para Acne (espinha): cuidados necessários para não piorar, o que não fazer!

Existem vários tratamentos para acne. Acne é o termo médico, que os dermartologistas usam para designar as espinhas. Não se deve achar que acne é coisa da idade, que passa com o tempo, que não é uma doença, pois o impacto na qualidade de vida de quem sofre é enorme!

O tratamento para acne deve ser iniciado o quanto antes, pois as consequências como marcas, manchas, cicatrizes da acne serão minimizadas. A cura da acne, ou seu controle adequado pode ser atingido através de tratamentos locais, nas formas de acne leves. Diversos produtos para acne existem no mercado, isolados ou combinados, na forma de pomadas para acne, sabonetes para acne, creme para acne com compostos como oácido salicílico, peróxido de benzoíla, retinoides (tretinoína, adapaleno), antibióticos (clindamicina e eritromicina, de preferência associados – no mesmo produto – aos retinoides ou peróxido de benzoíla) e ácido azeláico.

ATENÇÃO! Não se auto-medique, procure um dermatologista para tratar a sua acne! marque uma consulta virtual acessando a plataforma dermatovirtual

Importante: quem tem acne não deve, em nenhuma hipótese, manipular (“cutucar, espremer”) as lesões, pois isso pode levar à infecção, inflamação e cicatrizes.

Quando saber se a lesão na pele é um cravo ou uma espinha? Em geral as lesões não inflamadas são conhecidas como cravos, e as que estão inflamadas, com inchaço na pele associado, nódulo na pele, ou um cisto na pele, podendo também cursar com dor no local. As espinhas quando graves podem gerar lesões que acabam gerando marcas na pele, cicatrizes na pele, que são as consequências mais temidas das acnes, espinhas.

Quando o tratamento da acne localmente não funciona ou a acne não é leve,  o tratamento por via oral é associado, utilizando-se antibióticos específicos, da classe das ciclinas (tetraciclina, doxiciclina, minociclina, limeciclina) ou macrolídios (eritromicina) ou sulfas (sulfametoxazol-trimetoprim), sempre associados ao tratamento local com retinoides ou peróxido de benzoíla ou ácido azeláico. O tratamento com antibiótico oral deve ser feito por, no máximo, três meses, em um ou até três ciclos.

Em casos específicos, o tratamento da acne pode ser feito com anticoncepcionais, ou com isotretinoina (roacutan). Existem procedimentos complementares usados que ajudam no controle da acne tais como: extração de “cravos”, drenagem de abscessos, infiltrações peelings químicos, microdermoabrasão, alguns tipos de laser, luzes e esfoliações químicas.

A limpeza de pele, quando bem indicada pelo dermatologista, e bem executada por esteticista treinado, pode ser um ótimo complemento do tratamento de algumas formas de acne. A Sociedade Brasileira de Dermatologia alerta: “Uma limpeza de pele feita por leigos pode ser considerada forma de tratamento”.

Leia mais outros posts sobre ACNE, ESPINHAS, CRAVOS

Acne, espinha, cravos, espinha interna: saiba o que são e como se livrar delas!

O que é espinha interna?

Os lugares mais incômodos onde espinhas (acne) podem aparecer : Acne no rosto, acne no nariz, acne na vagina

Tratamentos naturais para espinhas (acne): o que funciona o que não funciona.

Tratamentos caseiros, pasta de dente, elixir de inhame

Como secar espinhas (acne)

A Acne do bebe. Acne neonatal

Conheça os graus da acne (espinha)

Cicatrizes e marcas da acne (espinhas)

Que médico devo procurar para tratar acne, espinhas

Famosos que tem acne, espinhas

Tratamentos para Acne (espinha): cuidados necessários para não piorar, o que não fazer

Dezembro, Prevenção do Cancer de Pele

Vc sabia que Dezembro e o mes de prevencao ao cancer de pele. Aproveite para conhecer o proprio corpo e detectar pequenas mudancas em sinais ou pintas. O teste do ABCDE e uma referencia para que voce observe sua propria pele ou de familiares, e busque um dermatologista da sociedade brasileira de Dermatologia para um diagnostico preciso. O “A” esta para assimetria. o “B” para Bordas irregulares, o “C” para cores diferentes, o “D” para diametro maior que 5mm, e o “E” para evolucao, pintas ou sinais com crescimento ou modificacao.

Comunidade no Facebook sobre Hiperidrose Axilar

Caros Amigos,

No intuito de aprimorar a comunicação e divulgar informações sobre a Hiperidrose Axilar, criamos uma página no Facebook sobre Hiperidrose Axilar!

Compartilhem, façam seus depoimentos, perguntas, esperamos com esta ferramenta melhorar a qualidade de vida dos que sofrem deste mal!

https://www.facebook.com/hiperidroseaxilar?fref=ts

Aguardo vocês por lá!

Dra Paula Penna

Dicas para cuidar da região dos olhos

Como cuidar da região dos olhos
região dos olhos

região dos olhos

Dra Paula Penna, médica dermatologista, escreve sobre como cuidar bem da pele na região dos olhos.
A região dos olhos tende a envelhecer mais rapidamente do que o resto da face, por ser a pele mais fina do nosso corpo, tem mais tendência a flacidez.
Devemos usar cremes específicos para esta área, que são cremes mais hidratantes, com maior poder de hidratação, que usados no resto do rosto podem dar espinhas, acne, ou deixar a pele muito oleosa. Para esta região procuramos usar ativos contra a flacidez, como o argireline, raffermine, dmae.

Tratamento da Celulite – artigo do Journal AAD

Tratamento da Celulite

Accent celulite

Tratamento da celulite com Accent

Dra Paula Penna, médica dermatologista, escreve comentário sobre o tratamento da celulite.

No journal of the American Academy of Dermatology (AAD) deste mês, saiu um artigo de revisão sobre todos os métodos de tratamento de celulite, incluindo endermologia, lipoaspiração, subscisão, mesoterapia, radiofrequência, ultrasom, laser para lipoaspiração, carboxiterapia, uso de ácido retinóico e outros cremes. Continuar lendo